Vitrine

R$36.00

A Revolução antes da revolução II, Karl Marx

Os textos que apresentamos são os primeiros esforços de Marx e Engels ao afirmar que a verdadeira conquista dos trabalhadores, nas lutas do século 19, não seria a conquista do poder, mas a construção da classe trabalhadora como uma classe, a construção de sua independência, sua autonomia histórica. Neste livro estão: – As lutas de classes na França – O 18 brumário de Luís Bonaparte – A guerra civil na...

comprar
R$25.00

A Revolução antes da revolução I, Friedrich Engels

Engels traça um paralelo entre as lutas camponesas de 1525 com as lutas de 1848 e 1849, principalmente no que se refere à traição da pequena burguesia. Essa obra traz os clássicos: “As guerras camponesas na Alemanha” e “Revolução e contra-revolução na Alemanha”....

comprar
R$26.00

Esquerdismo – a doença infantil do comunismo, V. I. Lenin

Esquerdismo: doença infantil do comunismo, escrito e publicado em 1920, foi o último livro de V. I. Lenin. A Rússia soviética passava por uma dura guerra civil (1918-1920) levada a cabo pelas forças burguesas e reacionárias – internas e estrangeiras – derrotadas em 1917. No movimento revolucionário internacional, estavam consolidados a falência da Segunda Internacional e o triunfo da estratégia e tática bolchevique na Rússia. E também se viviam as consequências imediatas do fim da Primeira Guerra Mundial, num clima de destruição e reconstrução. Em 1919, Lenin propõe como tática para se fortalecer o movimento revolucionário – e a própria Revolução Russa – a criação da Terceira Internacional, que ficaria conhecida como a Internacional...

comprar
R$30.00

A Origem da família, da propriedade privada e do Estado, de Friedrich Engels

Logo no Prefácio à 4ª edição deste livro [1891], Engels afirma que “o descobrimento da primitiva gens de direito materno como etapa anterior à gens de direito paterno dos povos civilizados, tem, para a história primitiva, a mesma importância que a teoria da evolução de Darwin para a biologia e a teria da mais-valia, enunciada por Marx, para a economia política“. A passagem revela sua rica filiação teórica e seu compromisso com a construção de uma rigorosa síntese dialética desde a origem da família, da propriedade privada e do...

comprar
R$167.00

Dicionário gramsciano (1926-1937), Guido Liguori e Pasquale Voza [capa dura]

A Boitempo Editorial lança Dicionário gramsciano (1926-1937). Escrito por estudiosas e estudiosos de nacionalidades, culturas e áreas diversas e organizado por Guido Liguori e Pasquale Voza, a obra reconstrói o sentido das palavras e dos conceitos presentes nos Cadernos do cárcere e nas Cartas do cárcere. São mais de 600 verbetes que visam divulgar com precisão o pensamento de um dos maiores teóricos marxistas da modernidade....

comprar
R$37.90

A resistência, de Julián Fuks

“Meu irmão é adotado, mas não posso e não quero dizer que meu irmão é adotado.”, escreve, logo na primeira linha, Sebastián, narrador deste romance. Como em diversas obras que tematizam a Guerra Suja — o regime de terror inaugurado em 1976 na Argentina —, A resistência envereda pela memória pessoal e nacional. Sebastién é o filho mais novo, e seu irmão adotado, o primogênito de um casal de psicanalistas argentinos que logo buscarão exílio no Brasil. Os pais conhecem bem as teorias sobre filhos adotados e biológicos (Winnicott, em especial), mas a vida é diferente da bibliografia especializada. Cabe então ao narrador o exame desse passado violento e a reescritura do enredo...

comprar
R$52.00

As contradições do lulismo – a que ponto chegamos?, André Singer e Isabel Loureiro

Desdobrando as análises de André Singer sobre o “lulismo”, o livro busca incorporar uma avaliação sobre o “ensaio desenvolvimentista” tentado pelo governo Dilma no marco do pós crise internacional de 2008 e oferecer uma interpretação original sobre o saldo do percurso lulista desde a vitória do PT nas eleições presidenciais de 2002 no contexto mais amplo da experiência modernizadora...

comprar
R$125.00

Dicionário gramsciano (1926-1937), Guido Liguori e Pasquale Voza [brochura]

A Boitempo Editorial lança Dicionário gramsciano (1926-1937). Escrito por estudiosas e estudiosos de nacionalidades, culturas e áreas diversas e organizado por Guido Liguori e Pasquale Voza, a obra reconstrói o sentido das palavras e dos conceitos presentes nos Cadernos do cárcere e nas Cartas do cárcere. São mais de 600 verbetes que visam divulgar com precisão o pensamento de um dos maiores teóricos marxistas da...

comprar
R$29.00

Os Despossuídos, Karl Marx

Os Despossuídos debates sobre a lei referente ao furto de madeira Karl Marx A obra reúne artigos de Karl Marx que, já em 1842, tratavam do direito sobre o uso da terra, uma questão fundamental (embora cercada de polêmicas) comum às grandes experiências socialistas. É imbuído da noção de que o primeiro roubo se dá com a primeira apropriação privada que Marx, à época um jovem de 24 anos, recém-doutorado em filosofia na Universidade de Jena, iniciou suas colaborações ao periódico Gazeta Renana, do qual mais tarde se tornaria redator. Essa primeira série de artigos tratava da análise crítica das discussões ocorridas na Sexta Assembleia Provincial Renana, no ano de 1841, e levantava temas...

comprar
R$22.00

Uma Epopeia Brasileira – a Coluna Prestes, Anita Leocadia Prestes

Episódio mais importante da saga dos “tenentes”, a Coluna Prestes marcou a década de 1920. Inspirados nos ideais liberais de “representação e justiça”, os “tenentes” batiam-se pelo voto secreto e pela moralização dos costumes políticos, corrompidos pelo domínio oligárquico em vigor durante a República Velha. A Coluna Prestes – o momento culminante  do tenetismo – reuniu um exército guerrilheiro de aproximadamente 1,5 mil homens e mulheres, comandados por uma dúzia de oficiais do Exército e da Força Pública de São Paulo, entre os quais se destacava Luiz Carlos Prestes. A Coluna percorreu 25 mil quilômetros através de 13 Estados do Brasil, derrotando 18 generais governistas, sem jamais ter sido desbaratada, apesar do enorme poderio bélico mobilizado contra...

comprar
R$30.00

Luiz Carlos Prestes – o combate por um partido revolucionário (1958-1990), Anita Leocadia Prestes

Dando prosseguimento às pesquisas que vem empreendendo sobre o papel de Luiz Carlos Prestes na elaboração e na aplicação das políticas do PCB em diferentes momentos de sua trajetória, a professora Anita Leocadia Prestes apresenta, neste livro, os resultados da investigação histórica da atuação política de Prestes, a partir da aprovação da Declaração de Março de 1958, pelo Comitê Central do PCB, até o seu falecimento em 1990. O leitor poderá acompanhar as vicissitudes enfrentadas pelo PCB, a partir da superação em sua direção dos reflexos da crise desencadeada pela denúncia do chamado “stalinismo” no XX Congresso do Partido Comunista da União Soviética, crise que abalou o movimento comunista internacional nos anos 1956/1957. Com...

comprar
R$27.00

Antiprincesas: Frida Kahlo

Decidimos nos aventurar e conhecer um pouco sobre grandes mulheres e homens da nossa história. E começamos por uma das muitas mulheres que não se conformaram em fazer o que esperavam delas. Por isto Frida Kahlo é nossa primeira antiprincesa (ou princesa asteca, talvez): uma mulher que mostrou o corpo embora fosse manca, que pintou em uma tela os momentos mais tristes e mais felizes de sua vida, que, apesar de todos os seus sofrimentos físicos, procurou a arte, a alegria e lutou pelo bem do mundo não só para ela, mas também para muitas outras pessoas… Para menin@s de 4 a 100...

comprar
R$27.00

Antiprincesas: Clarisse Lispector

Decidimos nos aventurar e conhecer um pouco sobre grandes mulheres e homens da nossa história. E começamos por uma das muitas mulheres que não se conformaram em fazer o que esperavam delas. Clarice Lispector, uma antiescritora popular do brasil, que rompeu as regras literárias e abandonou uma vida de princesa para voltar a sua terra. Escrevia contos, novelas e crônicas enquantos seus filhos brincavam ao seu redor, tinha um cachorro louco que comia...

comprar
R$27.00

Antiprincesas: Violeta Parra

Decidimos nos aventurar e conhecer um pouco sobre grandes mulheres e homens da nossa história. E começamos por uma das muitas mulheres que não se conformaram em fazer o que esperavam delas. Saímos atrás dos passos de Violeta Parra. Uma caminhante que foi procurar canções nos lugares mais distantes do Chile para que não se perdessem com o passar dos anos. E embarcamos, como em uma máquina do tempo, para viver a aventura de ouvir histórias de avôs e avós, e conhecer a vida de uma artista que sentiu seu povo muito perto do...

comprar

Marx e Engels como Historiadores da Literatura – György Lukács

Marx e Engels se ocuparam a fundo dos problemas da arte e da literatura, mas não chegaram a publicar escritos abordando o tema de maneira sistemática. Nesta obra, o filósofo húngaro György Lukács realiza um trabalho magistral de destrinchar e examinar o tratamento que os fundadores do marxismo dedicaram ao tema da estética. Referência fundamental para pensar o imbricamento entre estética e política, os escritos reunidos em Marx e Engels como historiadores da literatura revelam a percepção inaugural que o pensador húngaro tem da estética marxista. Ao se debruçar sobre as análises que Marx, Engels e Lenin fazem da literatura e da arte, o livro debate o papel do artista e da estética na sociedade iluminando...

comprar
R$42.00

A Escravidão Reabilitada, Jacob Gorender

Nesta aguardada reedição, o autor responde às críticas dos setores conservadores à sua obra anterior, O escravismo colonial, dos anos 1970, impulsionados pela crescente ofensiva neoliberal dos anos 1990. O revisionismo histórico requentou a antiga tese de um suposto escravismo brasileiro patriarcal e benigno, com raízes em Gilberto Freyre, para justificar a existência de dominadores de ontem e de hoje. Neste livro, ele demonstra a debilidade histórica e teórica dessas análises que empreendiam verdadeira suavização do escravismo brasileiro. Esta obra é de extrema atualidade tanto para a batalha das ideias no campo da historiografia e da teoria da história quanto para compreender o passado escravista brasileiro e suas permanências. A reedição de A escravidão...

comprar
R$48.00

O Escravismo Colonial, Jacob Gorender

Consagrada obra dos anos 1970 sobre a exploração do trabalhador escravizado na economia colonial, base para a formação da sociedade brasileira, que marcou a historiografia brasileira, ressurge revigorada com o prefácio de Mário Maestri, apresentação da 6ª edição por Flávio Jorge Rodrigues da Silva e apresentação do autor por Alípio Freire. Jacob Gorender (1922-2013) é considerado, atualmente, consagrado intérprete da formação social brasileira, cujo enfoque é a conjunção da economia política, da ciência histórica e da sociologia, motivado pela necessidade de compreender as raízes históricas do padrão de dominação de classe e o surgimento da sociedade e produção capitalista brasileiro por sua intensa participação nas lutas sociais e políticas. Este livro é leitura obrigatória para...

comprar
R$54.00

Mulheres, Raça e Classe, Angela Davis

Mulheres, raça e classe, de Angela Davis, é uma obra fundamental para se entender as nuances das opressões. Começar o livro tratando da escravidão e de seus efeitos, da forma pela qual a mulher negra foi desumanizada, nos dá a dimensão da impossibilidade de se pensar um projeto de nação que desconsidere a centralidade da questão racial, já que as sociedades escravocratas foram fundadas no racismo. Além disso, a autora mostra a necessidade da não hierarquização das opressões, ou seja, o quanto é preciso considerar a intersecção de raça, classe e gênero para possibilitar um novo modelo de sociedade. Davis apresenta o debate sobre o abolicionismo penal como imprescindível para o enfrentamento do racismo...

comprar
R$52.00

A Difícil Democracia – reinventar as esquerdas, Boaventura de Sousa Santos

Para onde vai a democracia? Esse é o ponto de partida de A difícil democracia – Reinventar as esquerdas, livro inédito do cientista social português Boaventura de Sousa Santos, que analisa a urgência de esquerdas reflexivas na atualidade. Neste livro, ele avalia a ascensão dos movimentos Occupy e das revoltas da indignação, os desafios da Venezuela pós-Chaves, as experiências recentes no sul da Europa, a história – bem como o desgaste – das democracias na passagem do século XX para o XXI e o surgimento de um novo jeito de fazer política. A obra aborda temas atuais, que nos últimos seis anos captaram a atenção do autor por serem sintomáticos de desenvolvimentos que poderiam...

comprar
R$49.00

Mais Marx – material de apoio à leitura d’O capital, Livro I

Excrito por Anne Steckner, Antonella Muzzupappa, Ingo Stützle, Sabine Nuss e Valeria Bruschi. Esta obra ilustrada apresenta os principais argumentos e conceitos marxianos, além de textos introdutórios, instruções detalhadas e notas concisas para contribuir com a apropriação e difusão de conhecimento da crítica da economia política. Mais Marx  conduz o leitor pelos conceitos e passagens centrais do Livro I d’O capital, de Karl Marx, e constitui um apoio didático ideal para grupos de estudos e cursos de leitura. A experiência de aprendizado pode ser ampliada pela projeção, em slides de PowerPoint, dos quadros que são apresentados em todas as páginas, os quais ilustram de modo resumido e didático os argumentos centrais d’O capital. Há...

comprar