Política

Mostrando 41–45 de 51 resultados

    R$79.00

    O Sujeito Incômodo – o centro ausente da ontologia política, Slavoj Žižek

    Um espectro ronda a comunidade acadêmica ocidental, o espectro do sujeito cartesiano. Desconstrucionistas e habermasianos, cognitivistas e heideggerianos, feministas e obscurantistas (pós-)marxistas convergem em sua hostilidade contra ele. Seguramente uma das principais obras do filósofo esloveno Slavoj Žižek, O sujeito incômodo identifica o denominador comum de todas essas diferentes tendências do pensamento contemporâneo e lança a provocação: por trás do cogito ergo sum [penso, logo existo], o próprio sujeito cartesiano guarda o grau zero radical da política emancipatória, um núcleo subversivo capaz de fornecer um ponto de apoio indispensável para um novo projeto de esquerda. A partir de um intenso acerto de contas com a tradição anti-cartesiana, o filósofo esloveno desenvolve uma confrontação detalhada com algumas concepções contemporâneas do sujeito: a tentativa...

    comprar
    R$39.00

    Opus Dei – arqueologia do ofício, Giorgio Agamben

    Nesta nova e provocativa obra, que integra o projeto Homo Sacer, o filósofo Giorgio Agamben volta sua arqueologia filosófica ao universo sacerdotal, ou seja, aos sujeitos a quem compete, por assim dizer, o “ministério do mistério”. Opus Dei, “a obra de Deus”, é a definição de liturgia, isto é, “o exercício da função sacerdotal de Jesus Cristo […]”, de acordo com a tradição da Igreja Católica. O vocábulo “liturgia” (do grego leitourgia, “prestação pública”) é, entretanto, relativamente moderno: antes de seu uso, era frequente o termo latino officium. Analisando o ofício divino e humano, o livro demonstra porque o mistério litúrgico é a chave para compreender como a modernidade forjou tanto a ética quanto...

    comprar
    R$38.00

    Política e literatura, Antonio Gramsci e a crítica italiana – Daniela Mussi

    Algumas das primeiras referências no Brasil aos Cadernos do cárcere de Antonio Gramsci, no começo dos anos 1960, procuraram destacar seu papel como crítico literário. Além dos sempre citados Leandro Konder e Carlos Nelson Coutinho, também Antonio Candido e Otto Maria Carpeaux fazem referências ao marxista sardo ainda nos anos 1960. O AI-5 interrompeu por um breve período essa primeira difusão do pensamento gramsciano. Quando este renasceu, acompanhando a crise da ditadura e o fortalecimento da oposição, os temas da política como seriam de se esperar, ganharam o primeiro plano e eclipsaram os estudos anteriores. A crítica literária de Antonio Gramsci seria assim praticamente esquecida, não fossem as referências ocasionais de Alfredo Bosi e...

    comprar
    R$15.00

    Por Que Gritamos Golpe? – para entender o impeachment e a crise política no Brasil, Ivana Jinkings, Kim Doria e Murilo Cleto (orgs.)

    A Boitempo lança no início de julho a coletânea Por que gritamos Golpe? – Para entender o impeachment e a crise política no Brasil, na coleção Tinta Vermelha. Somando-se ao debate público sobre a crise política no Brasil, a obra proporciona ao leitor diversas análises sobre a dinâmica do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, dentro de uma perspectiva multidisciplinar e de esquerda. Os textos que compõem a coletânea são inéditos e buscam desenhar uma genealogia da crise política, entender as ameaças que se colocam à democracia e aos direitos conquistados pela Constituição de 1988 e apontar caminhos de superação de nossos impasses políticos. São trinta autores (a lista completa segue abaixo), entre pesquisadores,...

    comprar
    R$26.00

    Revolução Russa – história, política e literatura, José Carlos Mariátegui

    José Carlos Mariátegui não é apenas o autor de um magistral estudo marxista sobre a realidade peruana; ele é simplesmente um dos grandes pensadores marxistas do século XX. Esta bela coleção de 50 ensaios – em sua grande maioria inéditos no Brasil – sobre a revolução e a cultura russa, organizada por Luiz Bernardo Pericás, é mais uma demonstração da universalidade e originalidade de uma obra cuja projeção internacional se torna cada vez mais evidente à medida que passam os anos. Os textos aqui reunidos – sobre a Revolução Russa e seus protagonistas (Lenin, Trotsky, Lunatcharsky, Larissa Reissner), assim como sobre a literatura russa (Máximo Gorki e Serguei Essenin), sem esquecer o teatro e...

    comprar