Livraria Antonio Gramsci

   Boletim

 

2 de janeiro de 2014

Tamborzão: olhares sobre a criminalização do funk – R$ 32

Tamborzão: olhares sobre a criminalização do funk – R$ 32

Neste segundo volume da coleção “Criminologia de Cordel”, os autores discutem, sob vários aspectos, a criminalização dos chamados funks “proibidões”. O jurista Nilo Batista mostra como a expansão do punitivismo “se dá através do vigilantismo constitutivo do modelo penal neoliberal, esse poder abelhudo que incide histórica e seletivamente sobre os pobres do mundo em geral e sobre nossos MCs em especial”, como afirma a socióloga Vera Malagutti, no prefácio do livro. Também estão na obra algumas letras de proibidões. Os artigos são escritos por Adriana Facina, Carlos Palombini, Danilo Gymrot, Eduardo Baker, Gustavo Lopes (Mc Orelha), Nilo Batista, Rafael Borges, Thiago dos Santos (Mc Praga), Vera Malaguti Batista e JBatista. A organização é de Carlos Bruce Batista.

Comprar

Amílcar Cabral e a crítica ao colonialismo - Patrícia Villen

Amílcar Cabral e a crítica ao colonialismo - Patrícia Villen

Amílcar Cabral é um dos principais nomes da luta contra a opressão na África negra. Diante de um regime feroz e assassino, se ergueu com a crítica das armas e as armas da crítica para conduzir à vitória o Partido Africano da Independência de Guiné-Bissau e Cabo Verde. "É no interior deste pensamento complexo e único que a análise de Patricia Villen ganha força. Seu livro transcende os muros acadêmicos pela temática, pelas opções teóricas e pela coragem intelectual. Sua linguagem não deixa dúvidas: o colonialismo português não foi brando nem ‘civilizado’, e sim uma técnica de extração forçada de dominação racista”, diz Lincoln Secco sobre a obra.

Comprar

Pedrinhas miudinhas: ensaios sobre ruas, aldeias e terreiros - Luiz Antonio Simas

Pedrinhas miudinhas: ensaios sobre ruas, aldeias e terreiros - Luiz Antonio Simas

O livro reúne 41 ensaios do historiador carioca Luiz Antonio Simas. Alguns textos são inéditos, mas o volume contém textos publicados por Simas no jornal O Globo e também em seu blog. O fio condutor da obra está naqueles que o autor identifica como espaços fundamentais para sua formação: a rua, terreiros, botequins e rodas de samba. Os temas dos ensaios passam por esses locais e por diversas questões da cultura brasileira. Já no início do livro, o historiador identifica que o que lhe interessa são foliões anônimos, bêbados líricos, jogadores de futebol de várzea, retirantes, feirantes, devotos, pretos velhos, violeiros etc. As raízes da cultura sacro-africana, mais do que herança, aqui se apresentam como “fonte inesgotável de saber e encantamento”, conforme destaca Nei Lopes no prefácio. Para o jornalista Álvaro da Costa e Silva, que assina a orelha, o livro é “uma aula inesquecível”.

Comprar

As metamorfoses da consciência de classe - O PT entre a negação e o consentimento – R$ 30

As metamorfoses da consciência de classe - O PT entre a negação e o consentimento – R$ 30

A consciência de classe é abordada neste trabalho de Mauro Iasi como um movimento que corresponde à própria classe trabalhadora, que ora está amoldada com ordem capitalista, ora vive em luta contra a desumanização e exploração próprias desta sociedade. Analisando os diferentes momentos deste movimento da consciência o autor estuda os ciclos de amoldamento, luta, negação, institucionalização e burocratização dos movimentos sociais e outras expressões políticas como partidos. Na segunda parte do livro Iase faz um estudo da trajetória do Partido dos Trabalhadores de 1980 a 2002, desde sua origem socialista até transformar-se em um partido amoldado aos limites da ordem. O livro está quase esgotado na editora.

Comprar

Reflexões Im-pertinentes – R$ 39,90

Reflexões Im-pertinentes – R$ 39,90

Este livro reúne artigos publicados por Virgínia Fontes nos últimos anos. Condensa três áreas de preocupação e de pesquisa, nem sempre trabalhadas em conjunto por historiadores: os rumos e os desdobramentos do capitalismo contemporâneo; as formas da política, com ênfase na relação entre processo histórico e alguns aspectos da subjetividade que cada período contribui para formatar, compondo uma certa forma de ser no mundo e, finalmente, uma permanente interrogação sobre o caso brasileiro. Os ensaios reunidos no livro possuem uma profunda unidade estrutural. Virginia é marxista e, portanto, adota em suas análises o ponto de vista da totalidade.

Comprar

O Tacão de Ferro – R$ 42

O Tacão de Ferro – R$ 42

O romance “O Tacão de Ferro” é inspirado na experiência do autor, Jack London, e revela traços autobiográficos, como as personagens principais, Ernest e Avis Everhard, que representam, respectivamente, Jack London e sua esposa Charmian. O livro apresenta também o aspecto militante político de Jack London. A obra transcende os gêneros literários tradicionais, justapondo ficção científica, polêmica social e romance. A habilidade estilística de London constrói uma narrativa em tempos múltiplos. O conteúdo do manuscrito é visto pelo editor fictício, que faz sua observações de rodapé apoiado na perspectiva do tempo futuro, como fato histórico. Do ponto de vista da época em que foi publicado, o livro é um exercício de antecipação histórica e um relato profético. A tradução desta edição da Boitempo Editorial é de Afonso Teixeira Filho, o prefácio é de Anatole France, publicado originalmente na edição francesa de 1932. O livro conta também com um posfácio de Leon Trotsky, escrito em 1937.

Comprar

Riqueza e miséria do trabalho no Brasil Vol. II – R$ 67

Riqueza e miséria do trabalho no Brasil Vol. II – R$ 67

Este segundo volume de “Riqueza e miséria do trabalho no Brasil” apresenta um panorama amplo da nova morfologia do trabalho, analisando as distintas terceirizações, as múltiplas precarizações e os vários modos de ser da informalidade que despontam no país, acentuados a partir dos anos 1990, quando se redesenhou a divisão internacional do trabalho. O livro traz estudos aprofundados de vários ramos ou setores econômicos, como petroquímico, metalúrgico, aeronáutico, hoteleiro, educacional e fumageiro, que, em conjunto, permitem uma melhor compreensão da organização do trabalho no Brasil. Também são apresentadas análises sobre as tendências presentes no capitalismo dos países centrais, que dialogam com o caso brasileiro e servem de contexto para entender os impasses e estratégias das organizações de trabalhadores, como os sindicatos e as ocupações de fábricas. O livro reúne, sob coordenação do sociólogo Ricardo Antunes, a contribuição coletiva de mais de 20 pesquisadores e autores, entre eles Pietro Basso, Sadi Dal Rosso, Graça Druck, Henrique Amorim, Adrian Sotelo, Edilson Gracioli e Geraldo Augusto Pinto.

Comprar

Redes Sociais

Contato
Rua Alcindo Guanabara, 17, térreo, Cinelândia (rua do Amarelinho)
Rio de Janeiro – RJ - CEP 20031-130
Tel. (21) 2220 5023
livraria@piratininga.org.br

 

livrariagramsci.com.br