Vitrine

R$139.00

O Capital, livro I, Karl Marx (Edição em Capa Dura)

[VENCEDOR: PRÊMIO JABUTI DE TRADUÇÃO, 2014] Em 2011, a Boitempo deu início a uma de suas maiores empreitadas editoriais: a tradução completa de O capital, a principal obra de maturidade de Karl Marx. Em março de 2013, em meio ao projeto MARX: a criação destruidora, um conjunto de eventos que reuniu milhares de pessoas para debater a atualidade de seu pensamento, foi lançado o primeiro livro, O processo de produção do capital, traduzido pela primeira vez a partir da edição preparada no âmbito do projeto alemão MEGA-2 (Marx-Engels Gesamtausgabe), com tradução de Rubens Enderle. O clássico de Marx foi originalmente publicado na Alemanha em 1867 e é considerado a mais profunda investigação crítica do modo de produção...

comprar
R$22.00

A Questão Agrária no Brasil – v. 8 – situação e perspectivas da Reforma Agrária na década de 2000, João Pedro Stedile (org.)

O oitavo volume, que fecha a série A questão agrária no Brasil, reúne textos e ensaios sobre as perspectivas da reforma agrária na década de 2000, recolocando o debate sobre sua natureza a partir da nova realidade agrária hegemonizada pelo agronegócio. Levando em conta que, na história da luta pela terra, houve vários tipos de reforma agrária em todo o mundo – sendo estes determinados pelo desenvolvimento das forças produtivas do capital e pela capacidade de organização dos trabalhadores, dos movimentos camponeses e de proletários rurais –, cabe agora ponderar qual deles resolveria os atuais problemas enfrentados pela população alijada do campo neste novo contexto: se a clássica não é mais possível, e a...

comprar
R$22.00

A Questão Agrária no Brasil – v. 7 – O debate na década de 2000, João Pedro Stedile (org.)

O sétimo volume da série A questão agrária no Brasil aborda o debate que passa a ocorrer a partir dos anos 2000, num contexto marcado pela derrota do programa democrático-popular de reforma agrária junto ao governo Lula, já no início de seu primeiro mandato, e a consolidação do modelo neoliberal de agricultura denominado agronegócio, que já vinha ganhando força desde os anos 1990. Como nos outros volumes, procuramos apresentar textos de matizes diversos, para que, no confronto de ideias e análises, possamos ter uma visão de conjunto, ampla e diversa, do debate político, teórico e das lutas sociais no campo do Brasil contemporâneo. Para tanto, foram selecionados artigos que versam sobre temas como o...

comprar
R$22.00

A Questão Agrária no Brasil – v. 6 – O debate na década de 1990, João Pedro Stedile (org.)

O sexto volume da série A questão agrária no Brasil traz o debate sobre a questão agrária na década de 1990. Divididos em quatro grandes partes gerais – 1. A natureza do desenvolvimento capitalista no campo brasileiro; 2. Importância e necessidade da reforma agrária; 3. A crítica à reforma agrária; e 4. Desafios dos movimentos sociais e luta de classes no campo –, os artigos selecionados procuram analisar a natureza do desenvolvimento capitalista no campo brasileiro, a partir de diversas interpretações formuladas nesse período, e vincular o debate científico, acadêmico, sobre o assunto com a luta de classes do dia a dia, levada a cabo pelos movimentos sociais. Alguns textos também avançam na proposição...

comprar
R$22.00

A Questão Agrária no Brasil – v. 5 – A classe dominante agrária: natureza e comportamento 1964-1980, Sonia Regina de Mendonça

Este volume que ora apresentamos, da coleção que pretende recuperar a história da questão agrária no Brasil, nos traz um estudo sobre as classes dominantes no meio rural brasileiro. De autoria da professora Sônia Regina Mendonça, especialista no assunto, este excelente texto analisa o comportamento dessas classes num período especial – de 1964 a 1990 – quando será implantada, por meio de um golpe, a ditadura militar e quando os movimentos camponeses serão derrotados em sua confrontação desproporcional com essa ditadura. Um profundo estudo sobre a natureza e o comportamento das principais organizações políticas da classe dominante no meio rural, como a SNA – Sociedade Nacional de Agricultura, a SRB – Sociedade Rural Brasileira e,...

comprar
R$22.00

A Questão Agrária no Brasil – v. 4 – História e natureza das Ligas Camponesas – 1954-1964, João Pedro Stedile (org.)

Este livro, o volume IV da coleção “A questão agrária no Brasil”, faz uma homenagem às Ligas Camponesas, que foi o principal movimento das massas camponesas de 1954 a 1964 no Brasil. Primeiramente, destacamos o trabalho realizado por Clodomir Santos de Morais, em cuja bagagem vamos encontrar a experiência de sua prática política, como líder que foi das Ligas. A recuperação de suas anotações e memória tornou possível a elaboração, a distância no tempo (de 1969) e no espaço (no seu exílio na Suíça), de uma minuciosa “História das Ligas Camponesas do Brasil”. Em seguida, temos um texto da historiadora e socióloga, professora Bernardete W. Aued, que examina, com distanciamento e com base em...

comprar
R$22.00

A Questão Agrária no Brasil – v. 3 – Programas de reforma agrária: 1946-2003, João Pedro Stedile (org.)

Este volume, terceiro da coleção, é uma coletânea dos diversos projetos e programas políticos que setores sociais, classes e partidos políticos ofereceram à  sociedade brasileira, como interpretação e solução do problema agrário. Durante o período pós-escravidão (1888-1930), com a crise do modelo agroexportador, deu-se início à formação do campesinato brasileiro. O campesinato consolidou-se no século 20 como classe social; e o proletariado rural se proliferou enquanto um contingente social. Surgiram, então, as primeiras demandas elaboradas em forma de teses políticas, nos programas das mais diferentes forças sociais e políticas. A primeira manifestação real a concluir que o Brasil tinha um grande problema agrário foi realizada pelo PCB, na Constituinte de 1946, e defendida por...

comprar
R$22.00

A Questão Agrária no Brasil – v. 2 – O debate na esquerda: 1960-1980, João Pedro Stedile (org.)

Este livro, o segundo volume da coleção, complementa as análises sobre a natureza da questão agrária desde o período colonial até a década de 1960. São textos que podem ser considerados as reflexões de pensadores no campo da esquerda. A reflexão de Andre Gunder Frank acompanha todo o processo visto no volume I. Frank foi o primeiro, numa perspectiva marxista clássica, a fazer uma crítica às teses do PCB da existência do feudalismo na agricultura brasileira. Ruy Mauro Marini, um dos pensadores e elaboradores da teoria da dependência, critica o fato de Caio Prado esperar que as relações sociais capitalistas se estendessem por toda a agricultura e que a questão da terra fosse resolvida antes...

comprar
R$22.00

A Questão Agrária no Brasil – vol. 1 – O Debate Tradicional: 1500-1960, João Pedro Stedile (org.)

Neste volume, reunimos os principais pensadores que, de certa forma, debateram a questão agrária na década de 1960, aglutinados em quatro vertentes do pensamento crítico. A primeira vertente é a corrente de pensamento hegemonizada pelo PCB, na época o principal partido de esquerda. Entre os pensadores que defenderam a corrente oficial do partido estão Nelson Werneck Sodré, Alberto Passos Guimarães e Moisés Vinhas. A segunda foi a corrente dissidente, representada pelas teses de Caio Prado Júnior. Membro atuante do partido, Caio Prado teve com o mesmo discordâncias fundamentais na interpretação da questão agrária, na interpretação da formação histórica do Brasil e na idéia do que seria a revolução brasileira. A terceira corrente foi a...

comprar
R$15.00

Pequenos Contos para Começar o Dia, Leonardo Sakamoto

Quem tem este livro em mãos está autorizado a expressar seu estranhamento: o autor não é contista, como a capa sugere, e sim um dos mais importantes jornalistas brasileiros, arauto de tantas causas certas, defensor incansável dos seres humanos em suas liberdades e seus direitos. Seu campo não é a ficção e sim a política, alguém poderá dizer com razão e mesquinhez, e antes mesmo de passar aos contos esse alguém receberá do autor sua modesta anuência. Permito-me, no entanto, a temeridade de contradizê-los. Há tempos literatura e poder vêm se mostrando indiscerníveis – sabe-se há tempos que não existe estética sem política, que não existe política sem estética. E não preciso eu vir...

comprar
R$20.00

O Marxismo na Batalha das Ideias, Leandro Konder

Um dos clássicos de Leandro Konder, O marxismo na batalha das idéias é um edição comemorativa dos 10 anos da Editora Expressão Popular, publicado juntamente com outros três títulos do autor nesta ocasião (A derrota da dialética, Marxismo e alienação e Introdução ao fascismo). O presente livro reafirma a importância de recuperarmos as formulações teóricas e os intelectuais referenciados diretamente na realidade brasileira e nos desafios colocados aos movimentos e organizações de luta da classe trabalhadora. A postura marxista antidogmática característica de Leandro Konder pode ser percebida ao longo de todo livro, não apenas no alto nível de debate que ele mantêm com correntes opostas ao marxismo, mas também dentro do próprio marxismo, buscando...

comprar
R$3.00

Introdução ao estudo do método de Marx, José Paulo Netto

Neste breve e denso livro o professor José Paulo Netto traça um panorama da construção do método de Marx recuperando o contexto em que viveu e as referências teóricas nas quais Marx se baseou para edificar seu método; além disso, ele delineia os aspectos gerais da formulação teórica de Marx, sem incorrer em uma leitura dogmática ou manualesca. Este livro traz elementos para se compreender o pensamento de Marx, tendo em conta que ele “nunca foi um obediente servidor da ordem burguesa: foi um pensador que colocou, na sua vida e na sua obra, a pesquisa da verdade a serviço dos trabalhadores e da revolução...

comprar
R$22.00

História das Ideias Socialistas no Brasil, Leandro Konder

Leandro Konder elabora uma síntese da História do socialismo no Brasil a partir do século 19. Uma contribuição para que se conheça a história das idéias socialistas, não por meio de uma exposição caluniosa ou ‘triunfalista’, ou um relato escrito para denunciar erros ou exaltar acertos, mas através de um texto que discorre didaticamente sobre as grandes questões da construção do socialismo nesse país. Livro adotado em cursos de Magistério e de...

comprar
R$3.00

A Grande Tarefa da Revolução Consiste em Formar o Homem Novo, Fidel Castro

A tomada do poder em Cuba, em 1959, é fruto de um longo processo de lutas do povo que, como sempre lembra Fidel em seus discursos, tem como grande idealizador e inspirador José Marti. Ele fora um incansável combatente – nas ideias e na prática – pela independência e soberania da ilha. É inspirado nele que um grupo de militantes desencadeia, nos anos 1950, um processo de luta contra a ditadura de Fulgêncio Batista ao tentar tomar um Quartel, em 26 de julho de 1953, episódio que ficou conhecido historicamente como o “Assalto ao quartel Moncada”. Neste primeiro momento os militantes foram derrotados e presos. É a partir desse acontecimento que temos conhecimento da...

comprar
R$30.00

Filosofia da Práxis, Adolfo Sánchez Vázquez (2ª edição)

Em coedição com a CLACSO, editamos este trabalho, que é um dos mais sólidos acerca do marxismo. Há trinta e cinco anos de sua primeira edição, este livro torna-se cada vez mais vigente, devido à necessidade de compreender e transformar nosso entorno social, político, econômico e cultural. Porém, sobretudo se converte em uma leitura indispensável pela riqueza de suas reflexões, distanciadas de todo dogmatismo e revitalizadoras de outras...

comprar
R$35.00

Dialética da Agroecologia – contribuição para um mundo com alimentos sem veneno, Luiz Carlos Pinheiro Machado, Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho

A agroecologia como forma de agricultura e como é entendida neste livro, retoma as concepções agronômicas pré-revolução verde. Apropria-se dos imensos progressos da ciência e da tecnologia dos últimos 50 anos, que se conformam em técnicas que incorporam as questões sociais, políticas, ambientais, culturais, energéticas e éticas tendo sempre presente a escala planetária. Esta é a agricultura – vegetal e animal – para os novos tempos e a qual dispõe de saberes, desde os ancestrais aos atuais e que são discutidos neste livro. A contestação da agronomia de Liebig; a inconveniência dos agrotóxicos e transgênicos; a análise dos pilares científicos da agroecologia – trofobiose, ciclo etileno no solo e transmutação dos elementos à baixa...

comprar
R$15.00

Clássicos Sobre a Revolução Brasileira, Caio Prado Jr. e Florestan Fernandes

Este livro reúne contribuições dos autores à revolução brasileira: a formação da consciência de classe para viabilizar a luta pelo poder. Para os autores, é necessário definir uma teoria revolucionária que combine, na prática, várias táticas de luta, que unam entre si as reivindicações concretas e o pequenos combates com o fortalecimento de uma consciência de classe revolucionária e uma disposição de luta inabalável…, condições básicas para a transformação da realidade brasileira. O texto O que é revolução, de Florestan Fernandes, está publicado na...

comprar
R$25.00

Chayanov e o Campesinato, Alexander Chayanov; Horácio Martins de Carvalho (org.)

Marx foi o precursor no estudo das leis econômicas fundamentais que regiam o capitalismo e, dentro dele, a agricultura. E criou a teoria da renda terra. A partir dessas leis gerais do capitalismo, estudou como ocorreu na prática o processo de desenvolvimento do capital na agricultura inglesa, que a posteriori ficou conhecido como a “via inglesa”. Karl Kautsky seguiu seu caminho e estudou a natureza do capitalismo na agricultura da região da Prússia, e por isso sua teoria ficou conhecida como a “via prussiana”. Lenin, por sua vez, estudou a situação na Rússia, que recebeu o apelido de “via Junker”; depois pesquisou a situação da agricultura nos Estados Unidos, que recebeu o nome de...

comprar
R$25.00

Agroecologia e os Desafios da Transição Agroecológica, Sérgio Sauer e Moisés Villamil Balestro (orgs.)

Segundo dados da FAO, a humanidade chega a um bilhão de subnutridos. O dado estarrecedor é também uma forte evidência de que a Revolução Verde falhou. Surgida há mais de quarenta anos, ela foi incapaz de cumprir sua promessa de acabar com a fome no mundo. Além disso, o somatório dos seus efeitos indesejáveis são hoje um dos principais vetores da crise ambiental em escala mundial. Como estabelecer uma relação complementar entre a necessidade de aumentar a produção agrícola promovendo sistemas produtivos mais sustentáveis que não sejam baseados apenas no aumento da escala de produção? A transição ou ruptura agroecológica vai além dos sistemas de produção stricto sensu, realizando incursão no ambiente institucional e...

comprar
R$35.00

Agroecologia – bases científicas para uma agricultura sustentável, Miguel Altieri

Desde sua publicação, o livro de Miguel Altieri exerceu forte influência na disseminação da Agroecologia no Brasil, tendo sido adotado como obra de referência por profissionais de ONGs e instituições oficiais de ensino, de pesquisa e de extensão rural. A Agroecologia vem sendo assimilada como referência em projetos e programas de variados órgãos dos governos federal, estaduais e municipais. Na área da educação formal, já se contabilizam mais de uma centena de cursos de Agroecologia ou com diferentes acercamentos ao enfoque agroecológico, abrangendo desde o nível médio e superior até iniciativas de mestrado e linhas de pesquisa em programas de doutorado. Outra importante evolução nessa área veio com a criação de mais de cem...

comprar